Descarbonização

UE: Emissões de gases com efeito de estufa diminuem 4% no 4.º trimestre de 2023

Image generator/ChatGPT

As emissões de gases com efeito de estufa (GEE) produzidas pela atividade económica da União Europeia (UE) diminuíram 4% no quarto trimestre de 2023, comparando com o período homólogo, de acordo com os dados do Eurostat.

O serviço europeu de estatísticas estimou que as emissões atingiram as 897 milhões de toneladas de CO2e, face às 935 milhões de toneladas de CO2e registadas no mesmo período de 2022.

De acordo com a comunicação do Eurostat, o Produto Interno Bruto (PIB) da UE manteve-se estável, registando um aumento de 0,2% no quarto trimestre de 2023, face ao mesmo trimestre de 2022.

No quarto trimestre do ano passado, os setores económicos responsáveis pelas maiores reduções em relação ao quarto trimestre de 2022 foram o fornecimento de eletricidade e gás (17,2%) e fabrico (3,1%).

O Eurostat estima que as emissões tenham diminuído em 22 países da UE, tendo os maiores recuos acontecido na Estónia (23%), Bulgária (17%) e Finlândia (9%).

Portugal posiciona-se entre os 11 países europeus que reduziram as suas emissões (2,1%) e registaram um aumento do PIB.

Já os aumentos das emissões de GEE registaram-se em Malta (7,7%), Eslovénia (5,6%), Chipre (2,3%), Eslováquia (1,7%) e Grécia (0,3%). Simultaneamente, todos estes estados-membros registaram um aumento do PIB.

 

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever